Ligue 1 terá redução de equipes a partir de 2023

Foto: Divulgação/Boulanger

A partir da temporada 2023/24 o Campeonato Francês passará a ter dois times a menos da atual temporada com 20 equipes. A decisão ocorreu em comum acordo entre os próprios clubes, porém o Metz foi o único a não concordar com a mudança.

No fim da temporada 2020/23, quatro times serão rebaixados para a Ligue 2 e apenas dois subirão para a elite do futebol francês. Segundo o jornal francês “L’Équipe” a alteração se deve a crise econômica no futebol do país.

A segunda divisão não tem previsão para uma eventual redução de equipes e deve continuar com 20 times na disputa. No entanto, a exclusão de duas equipes deve ser discutida no futuro.

Essa não é a primeira vez em que essa situação acontece. Entre 1997/98 e 2001/02 o Campeonato Francês foi disputado por 18 equipes.

A última edição do torneio teve o Lille campeão com 83 pontos, além dos rebaixados Nîmes e Dijon. O PSG, de Neymar e cia terminou na segunda colocação.

Na temporada 2021/22 a distribuição das equipes ficará assim, 1ª divisão: Lille, PSG, Mônaco, Lyon, Olympique de Marselha, Rennes, Lens, Montpellier, Nice, Metz, Saint-Étienne, Bordeaux, Angers, Reims, Strasbourg, Lorient, Brest, Nantes, Troyes e Clermont Foot.

2ª Divisão: Nîmes, Dijon, Toulouse, Grenoble, Paris FC, AJ Auxerre, Sochaux, AS Nancy Lorraine, Guimgamp, SC Amiens, Valenciennes , Le Avre AC, AJ Ajaccio, Pau, Rodez Aveyron, Dunkerque, Caen, Niort, Bastia e Queville Rouen.

Regulamento

Desde 1944 o campeonato principal francês trocou muitas vezes a quantidade de participantes, revezando entre 18 e 20, sendo a última opção considerada a mais viável e a usada atualmente.

Com 38 partidas, 19 de ida e 19 de volta, os três piores colocados ao fim dos confrontos são rebaixados à Ligue 2, dando lugar aos três melhores desta competição.

Deixe um comentário