De campeão a eliminado: a “a Maldição dos Campeões Mundiais”!

Alexander Hassenstein/Getty Images

Para os torcedores amantes das Copas pode parecer óbvio, mas caso você nunca tenha notado, em diversas edições da Copa do Mundo o campeão da edição anterior não passa da fase de grupos do Mundial.

Entenda onde esta “Maldição dos campeões” começou, e quem já foi vítima dela.

Coisa Antiga

Quem pensa que esta incrível coincidência é algo recente pode estar enganado.

A primeira vítima desta “Maldição” foi a Itália, bi campeã em 1934 e 1938. A Azurra não avançou a fase final em 1950 pela derrota por 3 a 2 contra a Suécia na primeira rodada. Vale lembrar que as Copas de 1942 e 1946 não aconteceram por conta da Segunda Guerra Mundial.

Três em três

Nos últimos três Mundiais essa maldição funcionou com sucesso.

A vítima mais recente foi a seleção da Alemanha, tetra campeã do mundo no mundial de 2014, no Brasil. A seleção de Joachim Low não passou da primeira fase do Mundial da Rússia em 2018, onde enfrentou México, Suécia e Coréia do Sul.

Antes do insucesso da Alemanha na última Copa, quem sofreu no Mundial de 2014 foi a poderosa Espanha, que acabara de ganhar seu primeiro título em 2010. A “Fúria” também ficou na fase de grupos do Mundial no Brasil, em um grupo com Holanda, Chile e Austrália.

Outra seleção assombrada pela “maldição dos campeões” foi a Itália, que caiu na fase de grupos do Mundial de 2010, na África do Sul, quatro anos depois de levantar a taça do Mundial da Alemanha. A Azurra caiu para Eslováquia, Nova Zelândia e Paraguai.

Umas das exceções à maldição é o Brasil de 2006. A seleção canarinho, campeã em 2002 no Mundial da Coréia do Sul e Japão, ultrapassou a primeira fase no mundial seguinte ao penta, caindo apenas nas quartas de final naquelq oportunidade, para a França de Zidane.

Quatro anos antes, a França, campeã de 1998, foi ao Mundial da Ásia e ficou na 1a fase, em um grupo com Senegal, Uruguai e Dinamarca.

Com o Brasil não né? Ou sim?

Não se engane. Apesar de ser o Brasil o único que não sofreu nos últimos 5 mundiais, a Seleção Canarinho não está imune a esse mal. O Brasil foi assolado pela maldição após sagrar-se bi campeão em 1962, no Mundial do Chile, e não avançar às fases seguintes no Mundial da Inglaterra, em 1966. Com apenas uma vitória e duas derrotas para Portugal e Hungria, e Pelé contundido de tanto que foi caçado em campo, o Brasil voltou mais cedo pra casa quando defendia seu título em solos britânicos.

E em 2022?

O próximo Mundial será no Catar, em 2022. A FIFA divulgou hoje o cronograma da próxima Copa, que terá início em 21 de Novembro e a final em 18 de Dezembro.

Para maiores detalhes, vide post da RFO sobre a divulgação feita pelos perfis oficiais da FIFA:

Quanto à “Maldição dos Campeões”, nos resta agora aguardar o mundial de 2022 e ver se a teremos outra vítima.

Franceses que se cuidem!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *